Prisões generalizadas de anarquistas e ativistas de esquerda radical no Egito

O texto abaixo é uma tradução de artigo publicado dia 7 de setembro de 2014 aqui, em inglês, além de ter sido amplamente divulgado na internet. O texto é assinado por “Anarchist Network”, com um link redirecionando a sua página no facebook.

Caros(as) amigos(as),

A partir do último contato que tivemos com Anarquistas Egípcios(as), eles(as) estão em uma situção de emergência.

O regime militar fascista de Al Sisi / Mubarak está buscando mais agressivamente prender todos anarquistas e qualquer outro(a) ativista da esquerda radical.

De acordo com o jornal do governo fascista, mais de 41 mil pessoas foram presas. Entre elas estão: “Alaa Abdel Alfatah“, blogueiro muito conhecido, e “Mahienour El-Massry“, uma grande ativista pelos direitos humanos, direitos das mulheres e dos trabalhadores, e também advogada progressista e militante contra a sociedade de classes.

Esses números enormes de prisões aconteceram em menos de um ano!! Foram entre julho de 2013 e maio de 2014.

O regime militar repressivo continua a prender todos(as) anarquistas e qualquer outro(a) ativista da esquerda radical que estiveram envolvidos(as) na organização de qualquer ato ou ação contra o regime militar/fascista, apoiado pela CIA-Sionismo e outros poderes sanguinários do Ocidente.

A intensidade dos últimos dias levou a uma enorme pressão na vida de nossos(as) caros(as) companheiros(as), de forma que o resto deles(as) foi forçado a viver escondido(a) ou clandestino(a).

Nós anarquistas do Oriente Médio estamos pedindo por qualquer tipo de suporte e solidariedade, mesmo que seja apenas a disseminação dessas notícias.

Abaixo o regime militar de Al Sisi / Mubarak!

Abolir as forças reacionárias de todas as organizações religiosas e líderes religiosos!

Destruir todo o poder dos fomentadores das guerras, incluindo CIA/EUA, Sionismo, poderes ocidentais, Rússia e China!

Por um Egito Livre, Oriente Médio Livre e um Mundo Livre.

Anarchist Network

07/09/2014

Anúncios